“Como você convence as pessoas a acreditarem em narrativas imaginadas como Cristianismo, democracia ou capitalismo? Primeiro, nunca admita que é uma narrativa imaginada”.

Se você pensa que a descoberta do fogo e a criação de ferramentas foram os fatores mais importantes para a evolução humana até aqui, está enganado.

O elemento fundamental que nos tornou seres dominantes no planeta Terra foi a capacidade de criar narrativas fictícias.

OUÇA o resumo completo da parte 1 do livro 👇

Quer escutar a parte 2? Clique aqui e ouça agora mesmo!

Você também pode ouvir gratuitamente o ResumoCast em seu aplicativo favorito de podcasts. Os mais utilizados pelos nossos ouvintes são Spotify, Apple Podcasts e Google Podcasts.

O que você vai aprender nesse episódio?

  • O que ajudou o homo sapiens a dominarem o planeta Terra?
  • Qual é a importância das narrativas fictícias na evolução do ser humano?
  • Qual é a relação entre narrativas e empreendedorismo?
  • Por que a colaboração entre grandes grupos é importante para as empresas?
  • 3 teorias da evolução da linguagem humana
  • Seres humanos, o hábito de fofocar e o sucesso das redes sociais
  • O momento em que a biologia “descolou” da história
  • As duas realidades que os sapiens vivem
  • O que são narrativas fictícias?
  • O que é uma marca?
  • Qual é a diferença entre os seres humanos e outros animais?
  • Por que o propósito também é uma narrativa ficcional?
  • Diferenças entre narrativas pessoais e coletivas
  • Pontos de vista sobre narrativas “certas” e “erradas”
  • Narrativas no mercado de trabalho
  • O que é Revolução Cognitiva?
  • Frases do livro para colocar em um outdoor
  • Desafio para o ouvinte
Tribo de apoiadores do ResumoCast

Para quem é esse livro?

Esse livro é pra quem quer se libertar de narrativas pré estabelecidas e construir a própria realidade.

Também é pra qualquer pessoa que quer ter ótimas informações científicas reunidas em um único lugar sobre a evolução dos seres humanos no planeta até aqui.

5 ESTALOS do livro que estão nesse episódio

#1 ideia central

Os seres humanos têm um certo “controle” sobre o planeta porque são os únicos animais que podem cooperar com flexibilidade e em grandes grupos.

E isso só acontece porque sempre existe uma narrativa fictícia por trás de tudo.

O que fez o homo-sapiens se destacar entre outras espécies foi a capacidade de comunicação, que os permitia cooperar em grandes grupos.

Mas não só essa comunicação externa.

Nós, sapiens, somos a única espécie que cria narrativas internas sobre os acontecimentos e esse livro vai te chocar ao te mostrar que grande parte do que acredita, passando por dinheiro, leis e países, são meras invenções.

#2 A Revolução Cognitiva

Três importantes revoluções definiram o curso da história.

E vamos começar, em ordem cronológica, pela revolução cognitiva.

Um dos fatores mais marcantes desse momento histórico foi a evolução na linguagem.

Enquanto animais podem cooperar em um grupo limitado, o poder da linguagem do homo sapiens permitiu que centenas de pessoas cooperassem em prol de uma causa.

Essa causa era o grande diferencial.

Afinal, um macaco poderia dar um grito e comendar outros macacos em uma busca por comida.

Mas apenas o homo sapiens podia contar histórias.

Sim, histórias que criavam narrativas de ideias maiores que permitiam a colaboração mútua.

Enquanto um número limitado de leões pode caçar antílopes na Savana, uma multidão de Sapiens pode se juntar em prol de mitos e fantasias, como Deuses e Entidades, por exemplo.

Entre tantos fatores, a capacidade de contar histórias e envolver semelhantes nessas narrativas foi o que fez o Homo Sapiens ser a espécie preponderante entre todas as outras.

#3 Teoria da “fofoca” e o sucesso das redes sociais

Há milhares de anos o ser humano já gostava de “fofocar”.

Os seres humanos adoram falar sobre outros seres humanos.

De acordo com o livro, isso foi um aspecto importante para o avanço da linguagem única dos sapiens em sua trajetória no planeta até aqui.

O significado de fofoca na Wikipédia diz o seguinte:

“A fofoca consiste não somente no ato de fazer afirmações não baseadas em fatos concretos, especulando em relação à vida alheia mas também em divulgar fatos verídicos da vida de outras pessoas sem o consentimento das mesmas, independente da intenção de difamação ou de um simples comentário sem fins malignos”.

Sendo assim, se pararmos pra pensar um pouco, até hoje a maior parte da comunicação humana — como emails, telefonemas, mensagens no WhatsApp ou ver as notícias — é fofoca.

Então, o grande sucesso das redes sociais não é a toa.

Todo dia milhões de pessoas estão dando uma espiadinha no que está acontecendo na vida dos outros, seja no âmbito pessoal ou profissional.

A fofoca também é muito importante para o sucesso ou fracasso de um produto ou serviço.

Quanto mais pessoas fofocarem a favor do seu produto, mais você vai vender.

Por outro lado, quanto mais pessoas fofocarem contra, maiores são as chances do seu negócio se dar mal no mercado.

#4 Realidade dual

Desde a revolução cognitiva, os Sapiens vivem em uma realidade dual.

Por um lado, a realidade objetiva dos rios, das árvores e dos leões;.

Por outro, a realidade imaginada de deuses, nações e corporações.

Com o passar do tempo, a realidade imaginada se tornou ainda mais poderosa, de modo que hoje a própria sobrevivência de rios, árvores e leões depende da graça de entidades imaginadas — tais como deuses e nações.

Um belo exemplo do poder da realidade imaginada e das narrativas é o seguinte: Imagina se algum líder de uma das maiores religiões do mundo fala pros seus seguidores que a vontade do Deus em que acredita é que queimem todas as árvores do mundo.

Certamente muitos fieis seguiriam o comando, o que corrobora o que o autor crava, que de fato a realidade imaginada se tornou ainda mais importante do que a realidade objetiva.

#5 Diferença entre seres humanos e outros animais

A real diferença entre seres humanos e outros animais não está no âmbito individual, mas sim no âmbito coletivo.

Ao longo da evolução, os seres humanos se destacaram dos demais animais por 2 motivos principais:

  • 1 – Cooperação em grandes grupos e
  • 2 – Flexibilidade.

Olha só as abelhas, por exemplo.

Elas cooperam em grandes grupos, como a gente, mas elas não têm flexibilidade.

Toda colmeia, não importa o lugar que ela esteja no mundo, funciona da mesma forma. As abelhas não conseguem reinventar o sistema de uma colmeia da noite pro dia.

Nenhuma abelha vai derrubar a rainha e estabelecer uma república de abelhas operárias.

Por outro lado, mamíferos são mais flexíveis, mas não conseguem cooperar em grandes grupos como nós, seres humanos.

Se qualquer um de nós entrasse em um ringue com um chipanzé, provavelmente o chimpanzé ganharia a luta.

Mas, se 1000 humanos e 1000 chipanzés entrassem nesse mesmo ringue, com certeza os humanos levantariam o troféu no final, mesmo perdendo o primeiro round.

E essa vitória iria acontecer porque nós somos muito mais capazes de inventar novas estratégias e trabalhar em grupo para alcançar isso.

Frases do livro para colocar em um outdoor

“Ao contrário da mentira, uma realidade imaginada é algo em que todo mundo acredita e, enquanto essa crença partilhada persiste, a realidade imaginada exerce influência no mundo”

“É necessária uma tribo para criar um ser humano. A evolução, assim, favoreceu aqueles capazes de formar fortes laços sociais”

“O segredo da humanidade é aprender a imaginar juntos”

Desafio para o ouvinte

Convidamos você a abandonar todas as narrativas que lhe foram impostas.

Se países, leis e dinheiro foram todas histórias que nos foram contadas, a chance da sua grande dor ser apenas uma narrativa mal escolhida é muito grande.

E se tudo é uma narrativa, que tal trocar a atual e defeituosa por uma que gere resultados melhores?

Troque agora as histórias que se conta e tenha um final muito mais feliz.

Mude suas crenças, mude o seu mundo.

Quem é Yuval Noah Harari?

Yuval Noah Harari é historiador, filósofo e professor de História na Universidade Hebraica de Jerusalém.

Além de “Sapiens“, Harari também é autor dos best-sellers “Homo Deus” e “21 Lições Para o Século XXI“.

Esse podcast substitui a leitura do livro Sapiens?

Não queremos que você deixe a leitura do livro de lado.

Além de escutar este podcast com o resumo, recomendamos que você leia o best-seller Sapiens na íntegra.

Use o ResumoCast como uma espécie de curadoria do próximo livro que você vai ler! É o que a maioria dos nossos ouvintes fazem.

Somos parceiros da Amazon, e quando você faz a compra através do nosso link (clique na capa do livro ☝️), a gente recebe uma pequena porcentagem da venda.

Assim, você nos ajuda a continuar produzindo conteúdos gratuitos de qualidade e “empoderando a humanidade com o conhecimento dos livros”.

E tem mais: além de respeitar as leis sobre os direitos autorais — tanto da editora como do autor —, você terá em mãos um material muito melhor do que um simples PDF baixado de graça na internet.

Sapiens no YouTube

Conheça os recursos práticos disponíveis para o seu negócio no Google for Startups.

Novidade: ESCUTE este artigo
Voiced by Amazon Polly
A newsletter do ResumoCast

A newsletter do ResumoCast

Quer receber dicas de livros para empreendedores e ficar por dentro das últimas novidades do ResumoCast?

Obrigado, agora você está cadastrado na nossa newsletter