Cada vez mais brasileiros têm se interessado por novas formas de investir seu dinheiro e fazê-lo render, em um cenário afetado por fatores como a crise provocada pela pandemia da Covid-19 e a queda na rentabilidade de aplicações de baixo risco, além da poupança.

Mas o que muitos desses desbravadores iniciantes do mercado de investimentos podem ainda não saber é que o panorama atual oferece oportunidades para além dos aportes diretos em ações listadas na Bolsa de Valores.

Uma das modalidades em expansão no Brasil é o investimento em startups – os negócios de inovação tecnológica que vivem um boom dentro e fora do país – por meio do sistema de crowdfunding, no qual se contribui financeiramente para o desenvolvimento de empresas em fase inicial e com potencial de crescimento, e, assim, se adquirem ativos que podem ser resgatados com alto retorno no futuro.

Ou seja, em troca do capital aplicado para a startup realizar projetos e evoluir operações, o investidor garante participação societária na iniciativa empreendedora, estabelecendo uma maior conexão com a empresa, seus fundadores e equipe – e crescendo junto a eles.

Fundada em 2014, a plataforma de crowdfunding SMU Investimentos é um dos maiores destaques do segmento no país, promovendo rodadas de captação de recursos que já ajudaram a viabilizar negócios de alto impacto com rendimentos expressivos aos investidores.

Na SMU, é possível analisar o perfil (ou pitch) de cada startup em campanha de arrecadação, além do tipo de oferta e contrato apresentado, a meta estimada de arrecadação, o aporte mínimo exigido e todos os documentos necessários.

Além disso, os analistas responsáveis pela plataforma mantêm um processo criterioso de curadoria e avaliação das empresas cadastradas, aprovando-as por meio de exames financeiros consistentes – com métricas que preveem um retorno acima de 50% ao ano, por exemplo. Demonstrando acreditar no potencial das startups incluídas em seu serviço, a própria SMU participa do corpo de investidores desses negócios e os auxilia em divulgação e networking.

Para saber mais sobre como diversificar sua carteira de ações para além da aposta em empresas já consolidadas, investindo no promissor mundo das startups, entre no grupo de WhatsApp da SMU e tenha acesso a conteúdos exclusivos sobre o mercado do setor no Brasil.



Link original