O Nubank surgiu em 2013 como um cartão de crédito onde você poderia comandar 100% pelo celular, entretanto, pouca gente apostou no sucesso da empresa na época. Porém, o tempo passou, e o Nubank se tornou um banco digital gigante global.

É provável que você também goste:

Warren Buffet, o mais bem sucedido investidor do século XX, irá investir U$ 500 milhões no Nubank

Santander melhora as condições para financiamento de projetos rurais com energia solar

Banco Santander oferece 40 bolsas de estudo em universidade na Espanha

Investimento de U$ 500 veio da Berkshire

A empresa anunciou o investimento de  US$ 750 milhões, onde U$ 500 milhões vieram da Berkshire Hathaway, do bilionário Warren Buffett. Analistas concordam que esse é o divisor de águas do Nubank. O banco digital ganha outro status entre os investidores, se consolidando ainda mais como o maior banco digital do mundo, tendo um total de 40 milhões de clientes.

Com  US$ 1,15 bilhão em investimentos desde do mês de janeiro, o Nubank completou a maior rodada de investimentos de uma startup latino-americana na história. Enquanto isso, os bancos tradicionais correm para se digitalizar o mais rápido possível. O Bradesco investiu no Next, seu próprio banco digital, porém, tem que sobreviver em um mercado acirrado concorrendo com os outros bancos digitais e com corretoras de investimento.

”O ceticismo que muitos gestores têm com os bancos digitais, especialmente o Nubank, foi colocado em xeque. Afinal, a Berkshire Hathaway não é qualquer tipo de investidor”, destaca Henrique Esteter, analisa da corretora Guide.

O anúncio também não foi bem visto aos bancos na bolsa de valores. As cotações do Itau Unibanco e Bradesco fecharam o dia com queda de 0,7%, ao mesmo tempo que o Banco do Brasil caiu 0,6 e Santander 0,48%.

Nubank já teria ultrapassando gigantes

Caso tivesse ações na bolsa de valores, o Nubank já teria ultrapassando gigantes. Avaliado em U$ 30 bilhões, a empresa já teria deixado para trás a XP (US$ 23 bilhões) e o BB (US$ 20,6 bilhões, perdendo somente para o Santander Brasil, avaliado em U$ 33,6 bilhões e o BTG Pactual, U$ 36,4. No topo, o Itaú Unibanco é avaliado em U$ 60,2 bilhões e Bradesco, U$ 50,9 milhões.

Informações do O Estado de S. Paulo.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Brenda Rocha/shutterstock





Link original