É crescente a quantidade de jovens que questionam o sistema, que buscam pelo seu propósito e que desejam empreender. Mas como ter a coragem de dar o primeiro passo? Como é dar o primeiro passo? O que é preciso fazer?

Essas são perguntas simples, mas que na cabeça de uma pessoa inexperiente pode parecer um bicho de sete cabeças.

Principalmente porque iniciar no mundo do empreendedorismo se torna mais difícil quando no ensino tradicional esse assunto nem se quer é falado.

Na escola tradicional, inspirada no sistema prussiano de ensino e montada na era industrial você é “treinado” por mais de 10 anos em uma metodologia previsível, repetitiva, linear e segmentada, sendo que nós estamos na era digital, onde a pessoa sai da escola e encontra exatamente o oposto, lidando com o exponencialmente imprevisível, o multidisciplinar, não linear, e conectado.

Nada mais normal do que dar um nó na cabeça de muita gente, não?!

Além de que, as famílias de várias pessoas jovens são de uma geração completamente diferente e ainda possuem o sonho de que o filho se torne médico ou advogado.

Então, onde encontrar as informações necessárias para entender sobre empreendedorismo?

Em saber lidar com essa nova era, em compreender como iniciar um negócio? Em buscar as habilidades necessárias para lidar com questões que nunca lhe foram ensinadas. Em não ter dinheiro, mas ter boas ideias?

Continue lendo que vou dizer 3 coisas para te ajudar! 

 

 

O começo é sempre o mais doloroso. Ainda mais se você se encontra rodeada de pessoas que não estão conectadas com esse propósito de empreender, por isso, a primeira coisa que é importante fazer é:

01- Começar a buscar se relacionar com pessoas que estejam conectadas com as mesmas ideias que você.

E quando digo se relacionar, não é necessariamente no mundo “real” a internet está aqui para nos conectar com as pessoas e nos trazem a possibilidade de extrapolar essa realidade física.

Inclusive, nós do Resumocast estamos com a missão de resolver esse problema criando o Clube do Resumocast, clique aqui e saiba mais.

Ao se conectar com pessoas com o mesmo propósito, ver vídeos sobre essas pessoas, ouvir os Podcasts, ler os livros você começará a respirar sobre essa realidade do empreendedorismo e vai perceber que é COMPLETAMENTE diferente de tudo que você aprendeu na escola!

02- Segundo ponto é ler sobre como iniciar um negócio.

Dois livros que eu indicaria são: Vá Lá e Faz do Tiago Mattos e MBA Empreendedor do João Cristofoline. Esses dois livros irão te dar uma visão de como é iniciar um negócio com pouco (ou nenhum) dinheiro e viabiliza-lo no mercado.

Sobre Viabilização de Ideias leia: O que é Aprendizagem Validada (Startup).

Esses são dois livros que fazem você perceber que é possível iniciar um negócio com um baixo risco e pouco dinheiro. Mas vale ressaltar: ninguém vai te dizer que será fácil, ok? E será necessário você aprender a lidar com fracassos e emoções que você habitualmente não está acostumado.

03- Por isso, o terceiro e último ponto é: estude sobre você.

Estude sobre Inteligência emocional, sobre suas crenças, sobre suas emoções, esse é o famoso autoconhecimento. O empreendedorismo e o autoconhecimento andam de mãos dadas e quanto melhor você se conhecer, maior será a sua chance do sucesso.

O fracasso é algo repugnado pelas pessoas em nossa volta, mas é um fato no caminho do empreendedorismo, por isso, aprender a lidar com essas situações e já estar preparado para os desafios tornará a sua trajetória menos difícil.

E apesar do autoconhecimento ter sido o terceiro ponto, dentre os três, é o mais importante.

Novidade: ESCUTE este artigo
Voiced by Amazon Polly
A newsletter do ResumoCast

A newsletter do ResumoCast

Quer receber dicas de livros para empreendedores e ficar por dentro das últimas novidades do ResumoCast?

Obrigado, agora você está cadastrado na nossa newsletter