Quando o assunto é criatividade, todos nós já fomos crianças criativas… criamos nosso próprio mundo, inovamos nas brincadeiras e alguns até tinham amigos imaginários.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
O problema é que, conforme crescemos, geralmente por influência de pais e professores acabamos deixando nosso lado criativo morrer.
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Sabia que uma pessoa criativa tem mais probabilidade de inovar em seu trabalho, enxergar a vida sob prismas diferentes e até ser mais feliz do que a maioria?
⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀⠀
Se você está precisando resgatar aquela “criança criativa” que lá no fundo ainda existe aí dentro, estes 3 livros vão ajudar:

1- O Caminho do Artista

Muitas pessoas querem aprender a cantar, tocar algum instrumento musical, fazer aula de teatro, escrever um livro ou criar um produto inovador, mas não conseguem transformar esse desejo em realidade.
Já aconteceu isso com você?

Nesse livro, a artista e especialista em criatividade, Julia Cameron, apresenta um método de 12 semanas com diversos exercícios práticos que vão ajudar você a resgatar sua criatividade passo a passo.

caminho-do-artista-julia-cameron

As “páginas matinais” é um destes exercícios.

O que são elas?

São 3 páginas onde você escreve tudo o que vier na sua mente — não tem regras.

Se não vier nada, escreva “eu não tenho nada para escrever”.

O mais importante é você preencher 3 páginas com o fluxo da sua mente.

Use isso como um diário, para expor suas emoções, para conversar com você mesmo, para se perguntar e responder dúvidas que estão gerando ansiedade.

As possibilidades são infinitas.

O ato da escrita sincera e criativa pelas manhãs vai ter um efeito em você comparável a uma terapia semanal, só que de graça!

<<< Ouça o resumo desse livro aqui >>>

2- Encontre Sua Criatividade

Uma das maiores especialistas em inovação e criatividade, Tina Seelig, do mundo vai conduzir você em uma jornada para redescobrir seu potencial criativo.

Nesse livro você vai descobrir formas de aumentar sua capacidade de enxergar as oportunidades ao redor, conectar e combinar ideias, desafiar teorias e repensar problemas de uma forma inovadora.

A autora traz um conceito chamado “Máquina da Inovação”, cujo objetivo é fornecer um modelo, um vocabulário compartilhado e um conjunto de ferramentas que você possa usar imediatamente de forma a analisar e melhorar sua própria criatividade e a de sua equipe, organização ou comunidade.

As três partes de dentro da Máquina da Inovação são conhecimento, imaginação e atitude:

  • Seu conhecimento fornece o combustível para a imaginação;
  • Sua imaginação é catalisadora para transformar o conhecimento em novas ideias;
  • Sua atitude é a faísca que aciona a Máquina da Inovação.

As três partes externas da Máquina da Inovação são recursos, hábitat e cultura:

  • Os recursos são todos os bens na sua comunidade;
  • O hábitat é seu ambiente local, inclusive sua casa, sua escola ou seu escritório;
  • A cultura compreende crenças, valores e comportamentos coletivos em sua comunidade.

“Nós já utilizamos a criatividade quando enfrentamos desafios. Alguns deles resultam em soluções criativas e rápidas: usar um sapato para manter a porta aberta, dobrar o canto da página para marcar o ponto do livro em que você está. Essas soluções são tão naturais que nem as consideramos como respostas inovadoras para pequenas situações que aparecem diariamente”

(Tina Seelig)

3- Pense Como um Artista

O artista e autor Will Gompertz entrevistou e conviveu com muitos dos maiores artistas, diretores, escritores, músicos, atores, designers e pensadores criativos do mundo.

Ao longo do tempo ele descobriu uma série de traços comuns a todos eles: práticas e processos básicos que estimulam e permitem que seus talentos floresçam.

Combinando história da arte e estratégias criativas, o autor nos convoca a adotar esses processos e práticas.

Ele também ensina que, não importa nossa área de atuação, eles podem nos ajudar a alcançar coisas extraordinárias também.

Usando como exemplo diversos artistas consagrados entre eles Michelangelo, Van Gogh, Duchamp, Picasso, Andy Warhol, Ai Weiwei e Marina Abramovic, Gompertz trata de criatividade, autoconfiança e persistência.

E mostra que para ser bem-sucedido mesmo o mais genial e revolucionário dos artistas precisou, e precisa, pensar diferente, fazer diferente, confiar em si mesmo, ser empreendedor e seguir em frente.

Conclusão

Criatividade não é um dom, mas sim uma habilidade.

Isso quer dizer que qualquer pessoa pode desenvolver.

Cada um destes 3 livros que trouxemos nessa lista apresentam métodos similares, apenas as ferramentas práticas de cada um é que variam um pouco.

Se você levar a sério estes livros, colocando em prática o que está aprendendo, com certeza a falta de criatividade não será mais um problema.

E você… Já conhecia estes livros?

Já leu algum deles?

Responda aqui nos comentários!

Novidade: ESCUTE este artigo
Voiced by Amazon Polly