Conteúdo é o coração de novos negócios que surgem todos os dias, e de fato devem ser.

Entretanto, em um mundo onde o acesso ao conteúdo não é mais limitado, a pergunta é, como produzir um conteúdo diferenciado que tenha valor a sua audiência?

ESTAMOS SATURADOS DE CONTEÚDOS

Sim, isso é uma verdade.

Hoje se tem algum assunto que não sabemos, usualmente é por falta de interesse e não por falta de conteúdo.

Porém, cada vez mais a facilidade de acesso a conteúdo vem se tornando um problema, justamente pelo seu excesso.

Em um mundo onde o tempo das pessoas é o ativo mais importante é limitado, informações demais pode ser ruim. Principalmente se esse “demais” não tiver valor prático e profundidade.

Conteúdo diferenciado e de qualidade por outro lado, ainda é escasso.

Nos deparamos com quantidades ilimitadas de conteúdos caça cliques, conteúdos voltados claramente para uma venda, para gerar leads, e menos para entregar valor.

O caminho mais adequado para a maior parte dos casos continua sendo encontrar o nicho certo e ter o melhor conteúdo possível.

Sim o melhor, não o maior volume.

O livro dessa semana falou muito disso (escute o resumo aqui).

Qualidade é uma obrigatoriedade no mundo atual, quantidade não necessariamente. Mas infelizmente ainda nos deparamos mais com quantidade do que com qualidade.

A ESTRATÉGIA DE MARKETING COMO A BENGALA DO CONTEÚDO RUIM

Gosto de falar que bons produtos e conteúdos se vendem sozinho.

Não que o marketing seja desnecessário, mas ele é apenas complementar.

Já os produtos, serviços e conteúdos ruins, muitas vezes se apoiam em estratégias sofisticadas demais para tentar corrigir um problema que está na origem.

Se o pilar conteúdo não tiver um diferencial, a venda sempre será mais difícil.

Quando você começa a ver uma preocupação maior com a segmentação de uma campanha de tráfego pago, com os gatilhos e iscas digitais, com a cadência de e-mails para aumentar a conversão é hora de parar e refletir.

Será que mais energia investida em conteúdo, investida na base, na fundação do seu negócio não traria mais frutos?

Não dispense o bom marketing nunca, mas veja o exemplo do ResumoCast.

Hoje são mais de 100 mil plays semanais alcançados sem nunca ter ocorrido um único centavo de investimento em tráfego pago.

Desde o começo o João e o Gustavo sabiam que talvez demorasse para escalar, mas que certamente o crescimento aconteceria se o investimento em um ótimo conteúdo fosse realizado.

QUANDO MENOS É MAIS

Essa frase é conhecida no design, depois começou a ser aplicada no marketing e hoje temos que refletir sobre ela quando falamos de conteúdo.

Uma peça de design mais limpa, clean, com menos informações tende a converter mais do que uma poluição de informações.

Uma campanha de marketing atingindo todo tipo de público, com inúmeros e diferentes anúncios, oferecendo muitas coisas tende a performar pior do que campanhas focadas e bem segmentadas.

A mesma coisa com conteúdo. Poderíamos produzir dois resumos por semana, três por semana, mas será que é isso que a audiência quer?

Sabemos que o tempo é escasso e que boa parte dos nossos ouvintes não escutaram todos os 119 episódios que já temos publicados, então porque acelerar a velocidade de produção?

O resultado não é medido pela quantidade de episódios, mas sim pela quantidade de transformações.

Se você escutar 20 livros e não aplicar nada, vai ser pior do que uma pessoa que escutou um livro e aplicou os conceitos.

Então uma boa estratégia de conteúdo é fazer curadoria, selecionar o melhor e oferecer um filtro de conteúdos, ao invés de mais conteúdos.

Outro caminho e tornar seu conteúdo mais profundo, ou mais prático (o que é nossa proposta com o ResumoCast Premium, e você pode saber mais sobre ele aqui).

Em nenhum momento passou pela nossa cabeça resumir mil livros, mas sim em gerar transformação a partir do conteúdo de 100 ou 200 livros.

Pense nisso, você tem um conteúdo diferenciado dos demais do mercado? Ele gera transformação?

 

Artigo produzido por André Macan

Membro do time ResumoCast.

 

[spp-optin]

 

Novidade: ESCUTE este artigo
Voiced by Amazon Polly
A newsletter do ResumoCast

A newsletter do ResumoCast

Quer receber dicas de livros para empreendedores e ficar por dentro das últimas novidades do ResumoCast?

Obrigado, agora você está cadastrado na nossa newsletter