Era início de Setembro…

Depois de quase 9 meses de pandemia e por passar pela maior recessão de todos os tempos, o ano de 2020 certamente entraria pra história.

Só não sabia, até aquele momento, que entraria pra história da Pontodata — minha startup — como um ano tão positivo.

No final de Agosto, quando enviei um despretensioso vídeo a um programa de aceleração de startups que nunca havia ocorrido no país, não imaginei que aquele simples gesto havia atiçado de forma tão perfeita o bater das asas de uma borboleta.

E, no dia 08 de Setembro, quando anunciaram que o pSocial iria participar do Idea Lab 2020, o tsunami chegou e adentrou a Pontodata de forma avassaladora!

Foi uma sensação tão indescritível, uma alegria tão intensa que não me lembro de ter passado profissionalmente por outra sensação como aquela.

Conforme as palavras foram saindo da conhecida voz do Gustavo Carriconde, a ficha foi caindo e comecei a visualizar o tamanho do desafio que iríamos enfrentar.

Imaginei que seria uma grande mudança de paradigmas pra toda equipe da Pontodata, mas não fazia a menor ideia que seria tão intenso.

Coragem para encarar os desafios

Para uma empresa já existente no mercado, a mudança de conceitos e a inserção de novos aprendizados tomam proporções gigantescas.

Estudar, entender e aplicar as novidades e os conceitos que íamos adquirindo durante a aceleração parecia impossível.

Afinal, como iríamos manter o carro em movimento na feroz corrida do mercado enquanto fazíamos uma manutenção completa no motor da nossa startup?

Coincidentemente, a primeira semana de aceleração também foi a semana que o ResumoCast fez a síntese do livro “A Coragem de Ser Imperfeito”, da fantástica Brené Brown.

Fiz questão de ouvir o resumo diversas vezes, discuti-lo com amigos e, enfim, criei a coragem pra tentar colocar o nosso nome na história.

Para isto, tivemos que fechar os olhos e acreditar em nossos grandes mentores e idealizadores do programa.

Perseverando em meio às incertezas

Decidimos encarar as mudanças com a coragem de quem quer se diferenciar, de fazer acontecer a tão esperada revolução de dentro pra fora e de ter o ímpeto de uma startup que quer e vai vencer no mercado.

A convivência com todos os participantes do programa foi tão sincera, as reuniões foram tão inspiradoras e as risadas tão autênticas que a sensação que o Idea Lab nunca deveria terminar foi crescendo cada vez mais.

Sabe quando assistimos um filme que, de tão legal, torcemos para que ele dure mais e que não acabe tão rápido?

Mas, após 12 semanas de workshops dignos de cursos caríssimos, mentorias precisas e insights inspiradores, chegamos às vésperas do tão esperado Demoday.

Apesar de tanto aprendizado e do planejamento cultivado em tantas lições, o que o futuro nos reserva, sinceramente, não faço a mínima ideia.

Mas, uma coisa já posso afirmar com toda a certeza do mundo. O período de existência da Pontodata pode ser classificado em “Antes do Idea Lab” e “Depois do Idea Lab”.

Um convite pra você

Se você gosta desse mundo de startups, clique aqui e garanta agora mesmo seu ingresso gratuito para o Demoday do Ideia Lab 2020, onde você irá ver as startups fazendo uma batalha de pitch ao vivo e também recebendo feedback dos jurados e investidores Gustavo Caetano, João Kepler e João Appolinario.

Além disso, vamos sortear livros dos jurados pra quem garantir o ingresso!

Novidade: ESCUTE este artigo
Voiced by Amazon Polly